viagens e missões científicas nos trópicos

E

borboletar

É uma das exposições mais bonitas para ver em Lisboa neste momento, e está no alto de um dos nossos jardins preferidos. A xiloteca, os herbários, as peças africanas, a tenda do explorador e a forma como os objectos se relacionam com os lambris de azulejo do Palácio dos Condes da Calheta são uma fantástica fonte de inspiração para qualquer pessoa que goste de padrões e texturas.

herbário

coruja

xiloteca

design explorador

Viagens e Missões Científicas nos Trópicos – 1883–2010
Local: Belém, Jardim Botânico Tropical
Até 31 de Dezembro de 2011
Horário: 4ª feira a Domingo: 10h00 às 17h00; 3ª feira das 14h00 às 17h00 (horário de Verão até às 18h00). Última entrada 30m antes do encerramento. Encerra às 2ª feiras, 3ª feiras até às 14h00, Domingo de Páscoa, 1 de Janeiro, 1 de Maio, 25 de Dezembro
Preço: a entrada na exposição é gratuita mas os adultos pagam para entrar no jardim que lhe dá acesso.

4 comments » Write a comment

  1. Parece-me muito interessante. Os nossos miúdos têm entre 8 e 12 anos, estão numa fase óptima para se encantarem com museus. Os dois mais velhos (c/ 12 anos) estão entusiasmadíssimos com um microscópio que ganharam este Natal, pelo que uma visita a este espaço fará sucesso, com certeza.
    Obrigada pela divulgação, Rosa.

  2. Nós fomos os cinco há cerca de um mês e os meninos ainda tiveram a “cereja” de poder fazer Arqueologia Experimental na varanda do Palácio com vista sobre aquele que também é o nosso jardim de eleição…
    Não reparas que quer os jardins de Lisboa, quer os museus estão sempre vazios. A sensação de que estamos sozinhos é permanente nestes espaços…

  3. Maria, felizmente temos encontrado sempre outros visitantes nas exposições. Nesta estava bastante gente quando chegámos :)

Comentar