fazer meias

meias

meias

Entre o Outono e a Primavera nunca param na gaveta, por andarem sempre a uso. Só na estação das sandálias é que as consigo ver todas juntas, de um ano para o outro com mais um ou dois pares (fora os que vários que fui fazendo para oferecer). Fiz as primeiras há três anos e desde então tenho sempre mais um par nas agulhas, porque como são um trabalho pequeno e portátil vão sempre comigo na mochila (aulas de piano da E, tardes no parque infantil e festas de anos de outros meninos são alturas óptimas para mais umas voltinhas). Quem também faz sabe do que falo.

meias

meias

18 comments » Write a comment

  1. Ai que inveja!!! Tão bonitas!!! Um regalo para a vista e, com certeza, para os pés…

  2. que lindas, que lindas!
    eu ainda só vou nas caneleiras, mas um dia destes aventuro-me calcanhar fora :-)

  3. Adoro :)) Adoro fazê-las mas como tenho sempre oferecido ainda só tenho um par meu…mas um dia também fotografo as minhas, assim como as tuas :)

    (ainda agora fui à retrosaria online pesquisar novas lãs :D)

  4. Ola! encontrei este blog por acaso e adoro blog e os seus trabalhos.
    Uma pergunta: onde e q posso encontrar instruccoes para fazer as meias?
    aprendi a fazer tricot ha muitos anos em Portugal e ainda continuo a fazer tricot a moda antiga (com o fio a volta do pescoco…)
    Obrigada

  5. isto faz-me lembrar uma música antiga muito gira, que a minha mãe cantava enquanto tricotava meias. Começa assim: “nós cá não falamos, das vidas alheias, o que nós queremos é fazer as meias..as meias! …”

  6. muy bellas! yo hace mucho que no tejo calcetines, tengo unas paradasen las agujas :S

  7. :D

    Também fiquei com “bixinho” de fazer meias, mas ainda vou no segundo par… o que me agrada ainda mais é a curiosidade de ver como ficará a combinação de cores, no caso das lãs com variações de cores.
    Esta tua colecção é um regalo para os olhos!

  8. ainda não foi este inverno que consegui ir a um dos teus workshops de meias. mas estou atenta para ser a primeira a inscrever-me no próximo que houver. adoro meias! e adoro ainda mais estas meias!

  9. Sei, sei do que falas e preciso urgentemente de tricotar mais meias, de tricotar em geral. Acho que vou agora mesmo repetir aquele exercício do workshop.

  10. Tricotar meias para mim é um anti-stress, tricotar nas salas de espera enquanto a filha andava nas consultas, foi a melhora coisa que me aconteceu! Melhor, terapeutico.

  11. Por diversas vezes tentei pesquisar sobre instruções para a execução de meias e fico sempre com a sensação de ser dificil de executar pois normalmente as instruções que vejo são sempre confusas. Sou uma curiosa nestas materias de crochet e tricot mas é algo que gosto muito de fazer. Gostava de conseguir fazer meias e nesse caso se a Rosa me pudesse informar de instruções que eu possa consultar pode ser que desta vez eu consiga aventurar-me igualmente na meias.
    Obrigada.

  12. Também, desde que comecei a fazer meias com as instruções que acompanham as lãs da Retrosaria, estou sempre com um par nas agulhas.
    É mesmo verdade! Para mim, para a minha filha, que tem 8 anos, e para filhos de amigas com 2 e 3 anos. cada vez ficam mais bonitas e perfeitas. São as meias mais confortáveis que já calcei!

  13. adoro este lote de meias rosa, que sortuda :) espero um dia ter tantas qto as tuas feitas por mim mesma ! fiz um workshop na Retrosaria para aprender a fazer meias, foi super engraçado, rimos bastante, acabei por fazer uma meia- marionnette mto estranha, mas estou viciada agora, e como diz a Diane não há melhor terapia para combater o stress :)
    agora qd vejo as lindas lãs da retrosaria – sobretudo estas últimas q apresentas Rosa – visualiso de imediato um par de meias !
    amanhã passo por aí

  14. Pingback: A Ervilha Cor de Rosa » talk shop:

Comentar