2 comments » Write a comment

  1. Também tenho este livro! Arranjei um exemplar no Canadá. É realmente um dos melhores que encontrei no género: preciso, sem demasiados detalhes desnecessário, ilustrações muito boas e realmente fala sobre muita coisa. Foi com os capítulo sobre tinturaria natural que fiquei a saber que as bagas do loureiro português podem ser usadas para tingir, mas ainda não experimentei.

  2. Pingback: the wool book | A Ervilha Cor de Rosa

Comentar