17 semanas

17

Quando fui mãe aos 27 e aos 31 anos não me passava pela cabeça ser mãe aos 40. Aliás a ideia de ser mãe aos 40 parecia-me muito estranha, quase despropositada (os 40 pareciam-me uma idade longínqua e provecta). A verdade é que aos 27 fui a primeira das minhas amigas mais próximas a ser mãe e aos 40 conheço uma série de mulheres que acabam de se estrear na maternidade ou de ter mais um bebé, ou que ainda estão à espera do momento certo (coisa que tenho a certeza de que não existe).
Bastante desligada do universo das gravidezes e bebés há quase nove anos, parece-me que entrei num admirável mundo novo em que os toddlers comem no restaurante de tablet na mão e é considerado normal empurrar rua acima no carrinho uma criança de 4 ou 5 anos. Entretanto, as lojas de roupa para grávida parecem ter desaparecido da face da terra (mercê da descida das cinturas na moda de há uns anos ou da crise, vá-se lá saber) e eu sem uma faixa para substituir a que tinha e emprestei a fundo perdido (o melhor será fazer uma), os anti-vaxxers deixaram de ser uma minoria de extremistas para representarem um perigo real para a saúde dos filhos dos outros, a roupa de bebé que vejo por aí não me tenta minimamente (vêm aí vários pares de mini-calças de tricot de certeza) e a escola parece-me um sítio cada vez menos interessante para estar, ainda que esse seja todo um outro assunto.
De resto, para quem se interrogue sobre a questão, estar grávida aos 30 e aos 39 é muito parecido, ou quase igual, ainda que desta vez às 17 semanas já tenha uma barriga quase óbvia: apetece na mesma dormir muito, comer bem, fugir de tudo o que cheire esquisito e fazer o ninho.

19 comments » Write a comment

  1. Roupa de grávida ainda há na H&M :) A faixa de gravidez foi uma das minhas melhores amigas na gravidez aos 37 de gémeas e agora aos 41 de um só bébé;
    Estar grávida aos 40 só tem uma diferença: é que se já se tem algum filho, ou dois ou mais, não podemos descansar quando estamos com a barriga dura, porque há sempre algum a pedir para brincar, a fazer birra, a engalfinhar-se com o irmão, a pedir para ir à praia, à pisicina, ao parque, à montanha mais alta, ao buraco mais comprido…e nós sem forças nenhumas!
    Bem-vinda ao mundo das mães de três :)
    (também me parece esquisito haver crianças com 4 ou 5 anos de carrinho, a meio da manhã, quando ainda deveriam estar frescas…mas talvez seja necessário)

  2. Três como eu!!! Bem vinda ao clube das famílias numerosas (!).
    E sim, é diferente uma gravidez com mais idade e muito mais o parto. Felicidades!!

  3. Aconteceu -me o mesmo também fui mãe aos 31 e depois voltei a engravidar aos 39. Senti tanta coisa idêntica mas ao mesmo tempo tão diferente. Esse “mergulhar” num mundo conhecido mas de certa forma já distante. Mas foi bom , sobretudo por ter sido inesperado.

    Tudo de bom !

  4. Fui mãe aos 38 e apenas aos 38… Já tenho quase 46 e bebês agora, só netos!
    Parabéns e saúde!

  5. Olá Rosa :) Parabéns! gostei tanto de seguir o seu blog quando a E. era ainda bebé a depois na gravidez da A. e no crescimento delas, que quando engravidei há 3 anos fui rever muitos dos post. Vou ficar atenta, porque adoro a forma prática mas bela como vê o mundo! Já agora, e em relação às escolas aconselho a informar-se sobre unschooling e se gostar há um grupo no facebook que é ” LIVRE PARA CRESCER “, tenho aprendido imenso com eles. Um beijinho e mas felicidades! É outra menina? ;)

  6. Bem vinda ao clube das famílias numerosas e ao grupo de mães pós 40. Fui mãe 2 vezes depois dos 40 e estou a gostar. E não, não é igual a ser mãe aos 27 (fui pela 1ª vez), temos menos paciência mas muiiito mais pachorra e temos o complicómetro em modo desligado.

    • Olá Rosa! Parabéns!
      Tenho 42 anos e estou a tentar ser mãe pela primeira vez há já algum tempo… Espero conseguir…
      É muito bom ler testemunhos de mulheres que são mães nesta idade.
      Obrigada por isso.
      Tudo de bom em mais esta “viagem”!

  7. Parabéns! Um filho tem só que ser desejado para a gravidez ser na altura certa. Felicidades!

  8. Oooooohhhh…
    comecei a ler o teu blog em 2007, quando estava à espera da minha filha mais velha. Continuei e este teu espaço me foi sempre ùtil também em 2009 quando esperava a minha segunda filha… e a mercearia também foi um bocado ùtil com todos os moldes japoneses jà devidamente utilizados nestes anos! :)
    Concordo plenamente sobre todas as mudanças, principalmente àquela sobre a escola. Estou seriamente pensando – hà bem 2 anos – em tentar o homeschooling mas a lei italiana é um problema.

    Nao acho que possa mudar meus planos e ter mais filhos, este ano ao completar 35, cheguei a falar no assunto para ver se me convencia do contràrio mas nada! Vou adorar ver as novas criaçoes que com certeza faràs para quem estiver chegando (menino ou menina?)

    Tudo de bom em mais essa viagem!

  9. Rosa, eu fui mãe pela 3ª vez aos 39 (quase, quase 40) e devo dizer que foi das melhores coisas que me aconteceu. Muitos Parabéns (de novo) e aproveite o máximo que puder. bjns

  10. Eu também ando nesta aventura do terceiro filho! Tive o primeiro aos 32, o segundo aos 35 e vou ter agora a terceira aos 37!! Que corra tudo bem e que aproveite bem a gravidez:-) A mim também me apetece dormir e fazer o ninho…

  11. Parabéns Rosa, te desejo toda a felicidade do mundo!

    E aproveito o comentário para agradecer por tudo que pude aprender sobre as artes manuais no seu blog ao longo do anos.

    Abraços,
    Sarah

  12. Olá.. parabéns pelo terceiro! quando uma mulher quer consegue quase tudo!
    eu fui mãe pela 1ª vez aos 43, a segunda aos 46 e não me importava de ir ao terceiro. Fui mãe tarde e não sabia o que perdia, é tão trabalhoso, mas tão compensador!
    Parabéns de novo

    • Olá, Isabel, pode enviar-me um email? Trabalho na SIC e estou interessada em conhecer a sua história no que toca a maternidade. Contacte-me através do mail anaraquelc@gmail.com. Obrigada.

  13. Parabéns Rosa! Um filho é uma bênção, seja o número 1,2, 3 ou 4 e seja em que idade for! Mas sim, a idade traz mais experiência, à-vontade e gratitude!
    A minha quarta filha nasceu este ano, eu com 39 anos, com 12, 9 e 7 anos de diferença dos irmãos e irmã. Tem sido maravilhoso!
    Tudo de bom para a família!

Leave a Reply

Required fields are marked *.