sling pfp

baby sling

A juntar às outras pfp, que já mereciam ser arrumadas numa categoria própria, aqui ficam as respostas às perguntas frequentemente perguntadas sobre os slings, que além do mais são um óptimo pretexto para mais uma fotografia da A. a dormir num dos nossos:


Até que peso/idade do meu filho posso usar o sling?

De uma forma geral, até aos dois anos. A partir do momento em que a criança aprende a andar, o sling é um apoio para os (muitos) momentos de colo e não tanto um verdadeiro “meio de transporte” como nos primeiros meses. Creio que o bom-senso e a própria criança (bem como as costas de quem a transporta) indicarão a cada mãe/pai o momento em que o sling deve ser “reformado” (e passado a outro bebé ou, porque não, transformado numa manta de retalhos).

E é seguro?

Sim desde que usado cuidadosamente. Os pouch slings, como os que faço, não prendem o bebé como acontece com os baby-bjorn (de que também sou adepta) e outros porta-bebés “convencionais”. Ele fica apenas aconchegado dentro do tecido, mas suficientemente estável para que um ou os dois braços de quem o transporta fiquem livres. Obviamente, não se pode fazer o pino, dar cambalhotas ou andar de bicicleta com o bebé no sling. Também é importante lembrar que os braços do bebé ficam à altura dos nossos, pelo que é preciso manter distância do fogão, de objectos perigosos, etc.

Mas o bebé não fica todo tortinho, coitadinho?

Não é isso que dizem milhões de mães por esse mundo fora e médicos conceituados, mas muitas velhinhas na rua já mo perguntaram, tal como acham que no baby-bjorn fica todo esticadinho, coitadinho. Na dúvida, peça-se e siga-se o conselho do pediatra.

Um tubo de pano… Como é que vou saber se estou a usá-lo bem?

O sling pode ser usado em várias posições, consoante a idade do bebé. Ainda não tive disponibilidade para fazer uma página de instruções para os meus, mas aconselho uma visita à da marca Goo-Ga, que é muito boa.

Usar o sling é fácil mas requer prática e, sobretudo, calma. Deve-se experimentá-lo com o bebé bem disposto e não desistir à primeira nem à segunda se ele não gostou imediatamente. Uma vez instalado o bebé, o ideal é passear pela casa ou fazer alguma tarefa doméstica simples que implique movimento. A minha experiência é a de que nada acalma o bebé como sentir os mesmos ritmos que já conhecia quando estava dentro da barriga. Com os slings, como com tanta coisa, primeiro estranha-se, depois entranha-se.

E é lavável?

Claro! Na máquina a 30º ou 40º C, conforme os tecidos. E, tal como toda a roupa, deve ser lavado antes de entrar pela primeira vez em contacto com a pele do bebé.

(Garanto que este blog não se tornou monotemático. Posts mais diversificados para breve.)

10 comments » Write a comment

Leave a Reply

Required fields are marked *.


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.