disclaimer

bonne maman

Porque nas últimas semanas me chegaram mais emails do que o costume de pessoas que generosamente acham coisas simpáticas mas irrealistas de mim: aqui em casa também se diz despacha-te e então, é para hoje? por muito que eu gostasse que não. Também se diz vai já e espera só um bocadinho a que a menina já aprendeu a responder que esse bocadinho é sempre um bocadão. Também faltam ideias para o jantar e sobra roupa no cesto. Também se pede ajuda aos avós quando apetece dizer mais despáchates e vaijás do que o recomendável. Também há nervos, também há vontade de cinco minutos de sossego absoluto, também há muita força. E muitas coisas boas.

12 comments » Write a comment

Leave a Reply

Required fields are marked *.


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.