retalhinhos

senhora à janela

Os poucos dias que faltam para a A. fazer um ano foram a desculpa para experimentar inventar uma história de pano. A premissa era usar só restos de tecidos, e partir deles para construir o que fosse possível, uma página por dia. Esta tem um telhado que sobrou do #207 e uma matrioshka promovida a senhora alentejana vinda das sobras deste sling, mais uns retalhinhos deste quilt. A seguir, logo se verá.

Mais:

Louise-Marie Cumont por outros olhos.

Shizuko Kuroha: a vida começa aos 38.


piecing

senhora à janela

10 comments » Write a comment

Deixe uma resposta

Required fields are marked *.


Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.