play is the work of babies

amenlia's mini quilt

A A., que faz amanhã três meses, está nesta fase do fazer pontaria, tentar agarrar e abocanhar convictamente. Ontem quis comer os braços do boneco Nazaré (que ainda não apareceu aqui) e por isso hoje fiz-lhe esta coisa que é o cruzamento entre um quilt e um brinquedo. Gosto dos quilts em formato mini, como o dos small quilts da Amy Karol e desta técnica de aplicar tecidos, que pode ser resistente se for bem feita mas ao mesmo tempo tem um ar solto e foi de certeza inventada por alguém que não cosia muito bem à máquina. Agora é lavar muito bem e ver se ela gosta.

Read more →

ela

ela

ela

Ela ainda agora chegou e já é sempre. Omnipresente. Reconhecia-lhe o cheiro entre mil, entre um milhão de bebés. Pego-lhe, conto-lhe os refeguinhos de pele e cada um é feito de mim, do meu corpo, de amor.

Atenta, dobra o riso, faz-nos serenatas com rrruu e gueee de leite condensado. Serve-me num braço só, a minha pequenina pequenina.

ela

sling

sling

Ela está a um mês dos quatro anos. Na escola brinca aos piratas e aos pau rangets e em casa anda de sabrinas douradas. Pergunta-me quando é que eu e o papá nos vamos finalmente casar porque, diz, gosta muito de festas e avisa-me que o namorado do infantário virá em breve viver connosco. Adora apontar os nossos pedidos num restaurante imaginário e cozinha-nos moranguinhos fritos e milho de baleia. Às vezes choraminga que era mais giro ser bebé e nessas alturas queixa-se de dores nas gengibres e nos pulsos dos pés. Ela é tão pequenina e tão grande.

babywearing

babywearing

Ontem estivemos numa festa de anos onde a A. era uma de pelo menos quatro bebés (e já não tão bebés) slingados/belecados. Somando a esses os proprietários de cerca de vinte slings que já saíram cá de casa, quem sabe se estaremos a assistir a uma onda de babywearing?

No Flickr encontram-se centenas de fotografias e pelo menos um grupo dedicado ao tema. As técnicas e marcas usadas são inúmeras mas o princípio é sempre o mesmo: manter o bebé tão juntinho de nós quanto mandam os melhores dos instintos. Eis algumas das minhas fotos preferidas:

Read more →

poema para rapaz

Os piratas gostam muito de andar de barco.

Eles gostam de lutar com espadas, pistolas e espingardas

mas os soldados é que gostam mais de espingardas.

Uma, duas, três, quatro, cinco ou seis

mas eles gostam mais de seis.

Quando vêem que no micro-ondas são seis horas, dizem

iiiii-ha, são seis horas!

E., três anos e nove meses.

deleite

*

*

Palram longamente uma com a outra. Imitam-se. A E. gaba-se de ser a única a entender língua de bebés e propõe traduções para cada som emitido pela irmã. E a irmã não descola os olhos dela, ri-se, admira-a acima de todos os outros. Vivam as irmãs.

§

Tem tido dificuldades quando tenta comentar as entradas deste blog? Ajude-me a pedir à Weblog.com.pt que, por favor, resolva o problema de uma vez por todas. Muito obrigada :)

Are you experiencing difficulties when trying to comment on this blog’s entries? Please help me let my blogging service know about this: click here. Thank you :)