a arte da justaposição

fátima vaz patchwork

Não sei o que diria a autora desta manta se soubesse que passei anos a dar-lhe cambalhotas em cima. Acho que não se aborrecia, sobretudo se soubesse como fico ainda e sempre deslumbrada a olhar para ela, mais ainda do que para o número dois no meu top, este quilt gigante (duas últimas fotografias). Nele é ainda mais subtil a só aparentemente acidental justaposição das cores e padrões. Combiná-los, conhecê-los ao ponto de brincar com eles, não é nada simples.


Fátima Vaz

Fátima Vaz

Manta e almofada em patchwork de Fátima Vaz (e Helena Lapas?)

c. 1975

10 comments » Write a comment

  1. maravilhosa combinação!! : )))) e que pedacinhos de história fantásticos!

  2. I imagine E. jumping up and down on an Ervilha quilt with no rules or rulers of our national fabric covered in beautiful blossoms. (c.2006) :)*

  3. Está o máximo esta colcha, realmente a combinação de cores e tecidos está divinal. Até eu dava cambalhotas com muito prazer em cima dela rsssssssssss… e eu acho que a sra Fátima Vaz não leva a mal.

    Beijos!!

  4. .Certa vez descobri o teu “espaço”… e de vez em quando venho cá espreitar :)

    É sempre uma agradável descoberta “os lugares” por onde nos fazes viajar… (os links) ;)

    Keep on;)

Leave a Reply

Required fields are marked *.