38 semanas (bis)

rosa

rosa. Originally uploaded by *L.

Parece-me que já não faltam muitos dias. A E. sentiu anteontem pela primeira vez inequivocamente os movimentos da irmã. Abraçada e de cara encostada à minha barriga (rebaptizada mundo e diariamante usada como cenário para as brincadeiras dos playmobils), saltou e riu com entusiasmo a cada empurrão do outro lado da pele. O movimento constante e a sensação de que reage muito mais ao mundo exterior (sobretudo à voz da E.) e de cada vez que lhe pouso a mão sobre a cabeça, descansam-me e libertam-me do exercício um bocado angustiante da contabilidade de movimentos das últimas semanas. Não sei se é característica dos bebés pélvicos, mas está a ser uma experiência muito diferente da primeira quando, depois de dar a volta, a E. se limitava a ir dando sinais, suficientes mas não tão constantes, de que tudo estava bem.

E links:

Jasper Boyd: um relato extraordinário e com final feliz.

Llantos y rabietas e The Baby Book lidos pela Mariana.

12 comments » Write a comment

  1. Muitas felicidades que o bébe chegue depressa e bem. Se tiver de ser a cesariana desejo-te boa sorte e muita perseverança para o recobro e para te voltares a pôr de pé e a andar sem ser curvada…foi para mim que fiz uma a parte mais dificil!

  2. Eh lá, o Baby Book é a minha Bíblia (com alguma crítica textual e não só à mistura) desde que o M. nasceu. Foi uma amiga estrangeira que mo ofereceu, nunca tinha visto ninguém em Portugal com ele ou que o conhecesse. Posso emprestar-to já (vai até aos 24 meses mas digamos que embora o J. ainda tenha 18 já conheço estas fases de trás para a frente ;).

  3. Está quase! Ela que venha bem e depressa, que é o que se quer. ;)

    De qualquer forma, continuo aqui a torcer para que dê a volta. :)

    Beijinhos!

  4. Muitas, muitas felicidades!

    Vai correr tudo bem, tenho a certeza.

    Beijos

  5. Meu segundo filho também reagia muito a voz da irmã quando ainda estava na barriga. Depois que nasceu, sempre que estava a chorar, bastava que a irmã começasse a cantar e ele parava para ouvi-la. :) Até hoje, ele tem 14 meses, a irmã se gaba que ela é que sabe como fazer ele parar de chorar – e é verdade. Eles já se entendiam desde a barriga.

  6. Olá! Vai tudo correr bem com certeza. Eu já fiz 2 cesarianas, uma á 8 anos do F. ainda com anestesia geral e outra á 2 anos da M. esta já com epidural e correram ambas muito bem embora completamente diferentes no que diz respeito ao que eu vivi uma vez que de uma das vezes tenho tudo presente e da outra só me lembro de ter imenso sono e não conseguir ver bem o bébé.

    Muitas felicidades e que voltes rapidamente “aqui” com o teu trabalho, e com a boneca mais preciosa que vais trazer para casa para o pé da outra que já cá está. um beijo.

  7. Que corra muito bem a tua “estadia” e que não te esqueças de perpetuar a felicidade que vais sentir! Esse sentimento é que é a verdadeira felicidade, o verdadeiro Amor!

Leave a Reply

Required fields are marked *.


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>