shop update

de babete

Ainda a uma semana das curtas mas desejadíssimas férias, dois novos babetes para a loja, um deles igual ao que fiz para a A. Em Setembro, com o regresso da E. ao infantário e a descida da temperatura, espero conseguir regressar aos posts diários e diurnos. Antes disso e no meio de mil e uma pequenas coisas por tratar, conto ter tempo para o post anual sobre plágios, que já anda a fazer falta…

8 comments » Write a comment

  1. Chi… só de ouvir falar em plágios já fico mal disposta. Espero que não sejam dos graves.

    Beijim!

  2. Xi que tema mau, mas é, de facto, um assunto que deve ser abordado! Sou muito a favor de se ter reconhecimento por aquilo que nós fazemos/criamos e não por aquilo que imitamos.

    E o único boneco que não veio de rompante na minha cabeça foi inspirado aqui, mas não tem nada que se pareça. xD Acho que tanto o mudei para ter o meu toque que a única coisa que acabou por ficar parecida foi mesmo os olhos. xD Mas isso foi uma homenagem ao seu trabalho, espero que não tenha ficado chateada ou interpretado de outra forma =/. Se puder dê uma espreitadela no meu blog e também vê os meus outros trabalhinhos e se tiver tempo, pode até deixar um comentário. Eu gostava muito, visto que sou fã e leitora incondicional da Ervilha cor de rosa. =)

    Beijinhos e continuação de um excelente trabalho!

  3. pronto… vai haver mais mães invejosas… e eu a tentar mudar o mundo para pessoas mais simpáticas e de bom coração!!! hahaha

    acho que devias arranjar uma etiqueta com o teu contacto para aquelas que têm a mania de ver as etiquetas (e não são as das “boas maneiras”)…

    :)

    manela

    :)

  4. gostava que me indicasse alguns sites/sitios onde comprar tecidos interessantes, nao para trabalhos manuais mas para decoraçoes.

    Agradecia que me desse umas dicas =)

  5. É um erro dizer que o teu sucesso já é digno de plágio. Nunca nenhum sucesso deve ser digno de plágio. Uma boa maneira de combateres isso, e acho que a única, é registares a tua marca. Assisti uma vez a uma palestra sobre este tema e acredita que às vezes os registos de patentes podem salvar várias situações.

  6. É possível fazer uma pergunta – obtendo uma resposta – um tanto ou quanto pessoal? Se sim,aqui vai: faz da costura o seu trabalho a tempo inteiro? ou seja, vive da costura?

    E aproveito para elogiar o seu bom trabalho, que é lindo!!

    Joana.

Leave a Reply

Required fields are marked *.


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>