/* WP-Cache Config Sample File See wp-cache.php for author details. */ $wpsc_last_post_update = 1508209360; //Added by WP-Cache Manager $cache_page_secret = '6e2937fc5984766b6af5481529e25441'; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_not_logged_in = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_clear_on_post_edit = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_hello_world = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_supercache_cache_list = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_mobile_enabled = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_cron_check = 1; //Added by WP-Cache Manager if ( ! defined('WPCACHEHOME') ) define( 'WPCACHEHOME', WP_CONTENT_DIR . "/plugins/wp-super-cache/" ); //Added by WP-Cache Manager $cache_compression = 0; // Super cache compression $cache_enabled = true; //Added by WP-Cache Manager $super_cache_enabled = true; //Added by WP-Cache Manager $cache_max_time = 3600; //in seconds //$use_flock = true; // Set it true or false if you know what to use $cache_path = WP_CONTENT_DIR . '/cache/'; $file_prefix = 'wp-cache-'; // We want to be able to identify each blog in a WordPress MU install $blogcacheid = ''; if( defined( 'VHOST' ) ) { $blogcacheid = 'blog'; // main blog if( constant( 'VHOST' ) == 'yes' ) { $blogcacheid = $_SERVER['HTTP_HOST']; } else { $request_uri = preg_replace('/[ <>\'\"\r\n\t\(\)]/', '', str_replace( '..', '', $_SERVER['REQUEST_URI'] ) ); if( strpos( $request_uri, '/', 1 ) ) { if( $base == '/' ) { $blogcacheid = substr( $request_uri, 1, strpos( $request_uri, '/', 1 ) - 1 ); } else { $blogcacheid = str_replace( $base, '', $request_uri ); $blogcacheid = substr( $blogcacheid, 0, strpos( $blogcacheid, '/', 1 ) ); } if ( '/' == substr($blogcacheid, -1)) $blogcacheid = substr($blogcacheid, 0, -1); } $blogcacheid = str_replace( '/', '', $blogcacheid ); } } // Array of files that have 'wp-' but should still be cached $cache_acceptable_files = array( 'wp-comments-popup.php', 'wp-links-opml.php', 'wp-locations.php' ); $cache_rejected_uri = array('wp-.*\\.php', 'index\\.php'); $cache_rejected_user_agent = array ( 0 => 'bot', 1 => 'ia_archive', 2 => 'slurp', 3 => 'crawl', 4 => 'spider', 5 => 'Yandex' ); $cache_rebuild_files = 1; //Added by WP-Cache Manager // Disable the file locking system. // If you are experiencing problems with clearing or creating cache files // uncommenting this may help. $wp_cache_mutex_disabled = 1; //Added by WP-Cache Manager // Just modify it if you have conflicts with semaphores $sem_id = 949878864; //Added by WP-Cache Manager if ( '/' != substr($cache_path, -1)) { $cache_path .= '/'; } $wp_cache_mobile = 0; $wp_cache_mobile_whitelist = 'Stand Alone/QNws'; $wp_cache_mobile_browsers = 'Android, 2.0 MMP, 240x320, AvantGo, BlackBerry, Blazer, Cellphone, Danger, DoCoMo, Elaine/3.0, EudoraWeb, hiptop, IEMobile, iPhone, iPod, KYOCERA/WX310K, LG/U990, MIDP-2.0, MMEF20, MOT-V, NetFront, Newt, Nintendo Wii, Nitro, Nokia, Opera Mini, Palm, Playstation Portable, portalmmm, Proxinet, ProxiNet, SHARP-TQ-GX10, Small, SonyEricsson, Symbian OS, SymbianOS, TS21i-10, UP.Browser, UP.Link, Windows CE, WinWAP'; // gzip the first page generated for clients that support it. $wp_cache_gzip_first = 0; // change to relocate the supercache plugins directory $wp_cache_plugins_dir = WPCACHEHOME . 'plugins'; // set to 1 to do garbage collection during normal process shutdown instead of wp-cron $wp_cache_shutdown_gc = 0; $wp_super_cache_late_init = 0; // uncomment the next line to enable advanced debugging features //$wp_super_cache_advanced_debug = 1; $wp_super_cache_front_page_check = 0; $wp_super_cache_front_page_clear = 0; $wp_super_cache_front_page_text = ''; ?> /* WP-Cache Config Sample File See wp-cache.php for author details. */ $wpsc_last_post_update = 1508209360; //Added by WP-Cache Manager $cache_page_secret = '6e2937fc5984766b6af5481529e25441'; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_not_logged_in = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_clear_on_post_edit = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_hello_world = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_supercache_cache_list = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_mobile_enabled = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_cron_check = 1; //Added by WP-Cache Manager if ( ! defined('WPCACHEHOME') ) define( 'WPCACHEHOME', WP_CONTENT_DIR . "/plugins/wp-super-cache/" ); //Added by WP-Cache Manager $cache_compression = 0; // Super cache compression $cache_enabled = true; //Added by WP-Cache Manager $super_cache_enabled = true; //Added by WP-Cache Manager $cache_max_time = 3600; //in seconds //$use_flock = true; // Set it true or false if you know what to use $cache_path = WP_CONTENT_DIR . '/cache/'; $file_prefix = 'wp-cache-'; // We want to be able to identify each blog in a WordPress MU install $blogcacheid = ''; if( defined( 'VHOST' ) ) { $blogcacheid = 'blog'; // main blog if( constant( 'VHOST' ) == 'yes' ) { $blogcacheid = $_SERVER['HTTP_HOST']; } else { $request_uri = preg_replace('/[ <>\'\"\r\n\t\(\)]/', '', str_replace( '..', '', $_SERVER['REQUEST_URI'] ) ); if( strpos( $request_uri, '/', 1 ) ) { if( $base == '/' ) { $blogcacheid = substr( $request_uri, 1, strpos( $request_uri, '/', 1 ) - 1 ); } else { $blogcacheid = str_replace( $base, '', $request_uri ); $blogcacheid = substr( $blogcacheid, 0, strpos( $blogcacheid, '/', 1 ) ); } if ( '/' == substr($blogcacheid, -1)) $blogcacheid = substr($blogcacheid, 0, -1); } $blogcacheid = str_replace( '/', '', $blogcacheid ); } } // Array of files that have 'wp-' but should still be cached $cache_acceptable_files = array( 'wp-comments-popup.php', 'wp-links-opml.php', 'wp-locations.php' ); $cache_rejected_uri = array('wp-.*\\.php', 'index\\.php'); $cache_rejected_user_agent = array ( 0 => 'bot', 1 => 'ia_archive', 2 => 'slurp', 3 => 'crawl', 4 => 'spider', 5 => 'Yandex' ); $cache_rebuild_files = 1; //Added by WP-Cache Manager // Disable the file locking system. // If you are experiencing problems with clearing or creating cache files // uncommenting this may help. $wp_cache_mutex_disabled = 1; //Added by WP-Cache Manager // Just modify it if you have conflicts with semaphores $sem_id = 949878864; //Added by WP-Cache Manager if ( '/' != substr($cache_path, -1)) { $cache_path .= '/'; } $wp_cache_mobile = 0; $wp_cache_mobile_whitelist = 'Stand Alone/QNws'; $wp_cache_mobile_browsers = 'Android, 2.0 MMP, 240x320, AvantGo, BlackBerry, Blazer, Cellphone, Danger, DoCoMo, Elaine/3.0, EudoraWeb, hiptop, IEMobile, iPhone, iPod, KYOCERA/WX310K, LG/U990, MIDP-2.0, MMEF20, MOT-V, NetFront, Newt, Nintendo Wii, Nitro, Nokia, Opera Mini, Palm, Playstation Portable, portalmmm, Proxinet, ProxiNet, SHARP-TQ-GX10, Small, SonyEricsson, Symbian OS, SymbianOS, TS21i-10, UP.Browser, UP.Link, Windows CE, WinWAP'; // gzip the first page generated for clients that support it. $wp_cache_gzip_first = 0; // change to relocate the supercache plugins directory $wp_cache_plugins_dir = WPCACHEHOME . 'plugins'; // set to 1 to do garbage collection during normal process shutdown instead of wp-cron $wp_cache_shutdown_gc = 0; $wp_super_cache_late_init = 0; // uncomment the next line to enable advanced debugging features //$wp_super_cache_advanced_debug = 1; $wp_super_cache_front_page_check = 0; $wp_super_cache_front_page_clear = 0; $wp_super_cache_front_page_text = ''; ?> velhos são os trapos | A Ervilha Cor de Rosa

velhos são os trapos

bordar a manta

Na semana passada, junto com algumas gavetas, e outras velharias, encontrei num prédio em obras aqui ao lado uma arca cheia de trapos velhos que não resisti a abrir. Entre eles, uma manta de trapo muito velha e puída mas tão fina que tive de a trazer comigo para ver se sobrevivia a uma boa lavagem. Está rota demais para usar como tapete, mas acho que dará umas boas almofadas. Resolvi experimentar bordar-lhe um passarinho em ponto de cruz, depois de andar de volta do catálogo de uma exposição do Museu de Arte Popular sobre o tema (O ponto de cruz: a grande encruzilhada do imaginário. Coord. Elisabeth Cabral – ainda disponível na loja do Museu de Arte Antiga).

É impressionante a diferença entre as mantas de trapo antigas, feitas com roupa cortada em tiras o mais estreitas possível e debruadas a tecido, e as que se vendem agora, quase sempre de trapilho industrial e onde já não se vêem os efeitos tradicionais. As mantas de trapo, que se fazem em vários países, devem ser uma ideia com tantos séculos de vida como o próprio trapo. Duas imagens com mais de cem anos:

mantas de trapo
Mantas de Farrapos à venda no Minho em 1908 (Ilustração Portuguesa, 111, 6 de Abril de 1911).

mantas de trapo
Mantas à janela em Viana do Castelo durante a passagem do rei D. Manuel II (Ilustração Portuguesa, 145, 30 de Novembro de 1911).

12 comments » Write a comment

  1. Na Beira Alta também há dessas mantas. Eu ainda uso algumas mais estreitas e compridas como tapete na casa de banho (por ex.). São muito resistentes, muito bonitas e fazem parte das minhas raízes.

  2. Vivo nos últimos anos em Caldas da Rainha e uma vez por ano, na procissão de Outubro (que é feita à noite) as pessoas põem colchas e mantas nas varandas, é um espectáculo lindo e a que nunca tinha assistido. Todos os anos digo que fotografo, mas com a procissão a decorrer, nunca tenho coragem.

  3. Na minha infância, enquanto uma das minhas tias costurava os meus vestidos a outra fazia tiras de tecido dos retalhos que sobejavam. Dessas tiras nasciam enormes rolos de trapilho que levávamos a uma srª que no seu tear tecia as mantas que nos aqueciam nas noites de Inverno.

    O desenho das mesmas era deixado ao critério da artesã e da sua imaginação nascia o padrão.

    Isto foi….há 45 anos atrás.

  4. Tenho várias dessas mantas em casa que eram da minha avó materna e adoro. São os melhores tapetes :-)

  5. Eu também tenho algumas destas mantas, herdadas da minha avó. Para mim são uma relíquia, não só pelo óbvio valor afectivo, como pela qualidade e beleza das mesmas. Quando tiver oportunidade vou fotografa-las também! :)

  6. Tenho uma dessas mantas/tapetes cá por casa e outra ainda habita em casa dos meus pais.. estas ainda foram feitas de trapos e pela minha avó.
    A minha mãe que sempre conviveu com elas não entende o meu apreço por este artigo. Mas a verdade é que, não sendo apologista de tapetes, pelo trabalho e sujidade que dão, posso confirmar que estes tapetes (como são usados cá em casa) são muito mais resistentes que os tapetes normais e práticos de se limpar.
    Lembro-me de olhar para eles em pequenina e achar aquele tecido muito estranho, lembro-me de tentar descortinar a sua confecção.
    Continuo a olhar para eles fazem-me lembrar a minha avó.

  7. Casa sim, casa não, havia teares na aldeia onde vivo. As mulheres, muitas vezes em condições precárias teciam muito antes da madrugada. Adiantavam servíço para a seguir se dedicarem à agricultura e às lidas domésticas. Há quem ía à feira e os fregueses eram muitos. Traziam roupas velhas, os trapos e tinham a promessa de dentro dum mês terem a manta ou o tapete feito.
    Cultivava-se o linho. Lindo era este campo! E quando não teciam as mantas de trapo, teciam lenções ou guardanapos de linho.

    Hoje, procuro um tear porque ainda há uma senhora disposta a ensinar-me. Não há um em condições e muitos foram para a fogueira.

  8. Pingback: mantas de fitas | A Ervilha Cor de Rosa

Leave a Reply

Required fields are marked *.