cordeirinho preto, tens tu lã?

beiroa

Yin e yang, baunilha e chocolate, o dia e a noite, ebony and ivory, carneirinho branco e carneirinho preto. A Beiroa castanha estava planeada há muito e chegou hoje finalmente.

bah bah black sheep

beiroa

12 comments » Write a comment

  1. A minha avó (paterna) fazia meia com uma agulhas muito compridas e usava lã do género dessa. Tinha uma curiosidade, fazia as meias de pé e apoiava os braços na sua barriga, que a tinha muito pronunciada!! Já cá não está…mas fiquei com um par de meias feitas por ela, uso-as no Inverno e são muito quentinhas!
    Parabéns por todo o seu trabalho…

  2. Ah! Este post também me faz lembrar do livro da Editora Planeta Tangerina: “Ovelhinha dá-me lã”… Vale a pena ler aos filhotes, quem os tiver!

  3. @Entremeioslusos Sim também me ocorreu o mesmo quando vi o post e sim, vale a pena ler aos filhote “Ovelhinha dá-me lá”. Temo-lo cá em casa e uma vez fui ler a história aos amigos da escola da minha filha (na altura, com 5 anos). Falei-lhes (claro) do tricot e fiz um bocadinho para eles verem.

  4. As minhas favoritas e a combinação perfeita! Já tinha saudades de ver estas 2 cores naturais juntinhas. Quando estudei texteis na escola, tivemos a sorte de trabalhar com lãs semelhantes, mas vindas do Alentejo. A escola comprava-as a um casal (já com bastante idade) que tosquiavam as ovelhinhas e fiavam esta maravilhosa lã. Que saudades de estar em frente a um tear com este fio precioso! Mas felizmente agora temos a Beiroa, obrigada Rosa! :-)

  5. Que maravilhosas! Adoro a ideia de trazermos connosco um bocadinho das ovelhinhas, com o material gentilmente cedido por elas :) As cores são encantadoras e fazem lembrar outros tempos…

Leave a Reply

Required fields are marked *.