agulha

agulha

Enquanto eu e a Daniela víamos o Sr. Manuel Chaves a fazer agulhas, o F. deitou discretamente mãos à obra e fez uma também, de um pauzinho que achou no chão. Ontem, ao ver este link partilhado pela Rita, lembrei-me de a estrear finalmente. As agulhas de madeira (normalmente todas descascadas e branquinhas) são muito mais frequentes nas nossas aldeias do que se possa pensar – em pelo menos três, de norte a sul, ouvi mulheres contar que em meninas aprenderam a fazer meia nas agulhas que elas próprias talharam. Fazer é poder!

agulha

O fio é o butterfly da Rosários4.

18 comments » Write a comment

  1. O F fez-te essa Agulha? Está LINDA!!!! Nunca tinha visto!!!! Bem merece o tal par de meias que reclama!!! :D

  2. Quando eu era pequenina (4/5anos) e morava em Miranda do Douro, o meu avô fez-me agulhas de tricot para o tamanho das minhas pequenas mãos, mas eram de metal. Tenho pena que se tenham perdido aos longo dos tempos…

  3. pois tb felicito o F. pela linda agulha de crochet q fez, talvez dentro em breve poderemos comprar na Retrosaria as agulhas.
    essa agulha em todo o caso faz um trabalho muito bonito

  4. Também prefiro as de madeira, mas tenho 5 agulhas de estimação, de metal, herdadas de uma avó (emprestada), que foram feitas a partir de varetas de chapéu de chuva

  5. Olá!
    Que lindo isso!
    E quais são essas três aldeias que você fala? Fiquei com vontade de conhecer!
    Um grande abraço e parabéns pela delicadeza de blog!
    Thais

Leave a Reply

Required fields are marked *.