seamless raglan sweater #3

camisola nova

camisola nova

Quando andava no colégio, aí pelo quinto ou sexto ano, uma das minhas colegas trazia muitas vezes vestidas umas camisolas de malha feitas pela mãe. Do que me lembro eram lisas, de cores vivas à anos 80, e tinham um pormenor que todos gabavam e invejavam: bolsos em forma de luvas, feitos numa cor contrastante e aplicados sobre o corpo, mesmo a jeito para aquecer as mãos. Na altura já fazia malha há uns anos mas só tricotei a primeira camisola um pouco mais tarde, numa altura em que estava a crescer tão depressa que quando a terminei tive de a oferecer à minha prima Mariana porque já não me servia. As camisolas que a mãe da minha colega Joana fazia ficaram-me sempre gravadas na memória e acho que terão sido uma das razões que me levaram a querer fazer malha cada vez melhor. Entretanto a seamless raglan sweater da E. já está pronta (ravelry) e a uso. Não tem bolsos em forma de luvas, mas quem sabe se ainda lhos faço. Levou três meadas de Beiroa 688 e um bocadinho de Beiroa 539, mais um decote em V que não está nas instruções mas foi fácil de improvisar.

4 comments » Write a comment

  1. lembro-me de me falares nessas camisolas quando descobri aquele livro das camisolas! está linda mas, com essa tua memória tão forte, eu voto nos bolsos! :-)

  2. Pingback: raglanify | A Ervilha Cor de Rosa

  3. Pingback: raglanify kureyon | A Ervilha Cor de Rosa

Leave a Reply

Required fields are marked *.


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>