uma casa em paredes velhas

paredes velhas

paredes velhas

paredes velhas

paredes velhas

Uma casa como raramente se vê, lindíssima e parada no tempo. Com a cantareira ainda forrada de ramos de carqueja (essa planta que é tempero, chá, cama do gado e protecção contra as trovoadas), retratos nas paredes, flores frescas e fogo aceso para nos receber e se encher de vozes.

paredes velhas

paredes velhas

10 comments » Write a comment

  1. Não a sigo como gostaria, infelizmente não tenho o tempo que queria para me dedicar às lãs e costuras (exceção agora com o segundo bebé a chegar e já está tricotado e crocheteado o material que em Agosto aí comprei), mas quando vi “paredes velhas” decidi ir averiguar se era apenas a caracterização das paredes da casa ou se se referia a essa pequena aldeia da minha mãe e de muitos instantes da infância. E é mesmo, embora curiosamente não tenha reconhecido nenhuma das caras no vídeo…também na verdade passava mais tempo do outro lado da estrada em Levides. Que saudades de toda a essência e obrigado por me ter permitido este cheirinho :)

Comentar