tween

E
E

O melhor de fazer fios de lã é poder trabalhá-los e vesti-los. As primeiras experiências a trabalhar a beiroa dobrada (dois fios juntos) correram tão bem que avancei para uma peça maior. A E. (a quem já não dá para vestir todas as cores que me apetecer) pediu uma túnica parecida com a minha mas em azul escuro. Peguei num dos meus livros preferidos com motivos de Fair Isle e no caderno para os motivos, tirei medidas e desenhei toda a zona dos ombros com carreiras incompletas para que assentasse melhor do que a minha. Et voilà.

No Ravelry.

fair isle

6 comments » Write a comment

  1. O que que queres dizer quando escreves “… desenhei toda a zona dos ombros com carreiras incompletas…”. O que me interpela são as carreiras incompletas. Será que dá para explicar? Beijinhos :)

  2. Pingback: notícias magazine | A Ervilha Cor de Rosa

Leave a Reply

Required fields are marked *.