shop update

mala jane austen

Com a longa lista de lojas que tenho à espera de bonecos e a procura que os slings têm tido, o tempo para fazer sacos quilo de açúcar é menos que nenhum. Por outro lado, não lhes resisto. Por isso havia dois na loja (e também dois bonecos). O tecido estampado, a pedir as releituras da Jane Austen que faço sempre no Verão, trouxe-mo a minha irmã há anos e é lindo.

a costura*

máquina de costura

Em resposta aos vários comentários e emails dos últimos dias em que se perguntava que máquina de costura uso:

Tenho uma Singer 5417C. Comprei-a em 2003, na Loja Singer das redondezas. Não me informei grande coisa antes de comprar e escolhi a marca por ser a de todas as máquinas da família. Teria sido mais inteligente trazer antes para casa uma delas (uma destas duas ou esta). É uma máquina banal e nada bonita. Não tem nenhuma função especial. Da única vez que se recusou a coser consegui resolver o problema facilmente, mas quando quis informações sobre peças e acessórios junto dos representantes fiquei bastante desiludida com a qualidade da assistência. Se fosse começar agora optava certamente por uma Brother, cujos representantes em Portugal são simpáticos e acessíveis. E se fosse investir numa máquina nova, provavelmente seria esta Bernina.

*título do artigo de Joana Amaral Cardoso no Público de hoje (suplemento Digital, p. 16), em que este blog é simpaticamente referido.

PS, em resposta aos comentários:

Como saber o ano de fabrico da minha velha Singer?

Através do número de série – ver aqui.

Como arranjar um manual de instruções para a minha velha Singer?

No site da Singer, aqui.

coser

mala dos elefantes

Hoje a E. (cuja vida social é bem mais agitada do que a minha) estava convidada para duas festas de anos. Acabou por escolher a de uma amiga da escola, o que nos levou a passar a tarde na lindíssima Tapada das Necessidades (já alguém reparou que o artigo da Wikipedia sobre a tapada é um absoluto delírio?). Para a Aurora, que fez seis anos, costurei a correr um saco diferente de todos os que tinha feito até hoje. Gosto do feitio e da alça e sou capaz de fazer a seguir um parecido para mim.

Read more →

nada a ver

fogão de brincar

O fogão que comprei nesta loja e alguns links têxteis:

Sock dolls: as melhores bonecas de meias, feitas por uma das minhas criadoras de bonecos preferidas (sou a dona orgulhosa desta, perfeita na construção e no pormenor, a que a E. chamou Papoila).

Call for submissions: um livro sobre malas e outro sobre joalharia.

Vontade de bordar: por um livro de há muito tempo (via In a minute ago), como a minha tia-bisavó ou o som (via microRevolt).

China blue: para pensar antes de vestir (via microRevolt).

Tailor in the house: a E. daqui a uns anos?