38 semanas

38 semanas

38 semanas reflectidas nos vidros duplos das nossas futuras janelas. Não foi fácil despedir-me das antigas, mas tenho tentado ver a coisa pelo lado positivo: não ter uma recém-nascida cheia de frio, não ter de se vestir qualquer coisa extra quando se chega a casa no Inverno, não desperdiçar tanta energia…

Comecei hoje a rotina dos CTGs: como nas últimas semanas da gravidez da E. soube-me bem aquele descanso morno ao som dos corações de todos os bebés da sala. Sem novidades (e sem perspectivas animadoras quanto ao recobro da cada vez mais provável cesariana), agora é esperar e gozar cada bocadinho destes últimos dias 2 em 1.

Ainda sobre cesarianas (obrigada por todos os emails e comentários), emprestaram-me (obrigada Patrícia) e recomendo o livro do obstetra Michel Odent sobre o assunto.

Links: uma barriga, um inquilino abusador e uma mãe pensante.

8 comments » Write a comment

Leave a Reply

Required fields are marked *.


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.