mosaico hidráulico

mosaico hidráulico = Lúcio Zagalo

mosaico hidráulico = Lúcio Zagalo

Soube da existência de um fabricante de mosaico hidráulico em Estremoz pela revista K (ou seja, há mais de quinze anos), mas só graças a um comentário neste post fiquei finalmente a saber como se chamava. Hoje rumámos ao Alentejo para conhecer a Fábrica de Mosaicos Hidráulicos de Estremoz.

O Mestre Lúcio Zagalo faz mosaico hidráulico desde os catorze anos. Trabalhou em várias oficinas durante a juventude e acabou por abrir o seu próprio negócio. Na pequena fábrica (todos os mosaicos são feitos por ele numa única prensa) reúne cerca de dois mil (!) moldes diferentes, uns herdados, outros mandados fazer a gosto do cliente ou para trabalhos de restauro de pavimentos antigos. De cada molde podem sair muitos padrões, dependendo da forma como se usem as cores, pelo que as possibilidades são quase infinitas. Depois há ainda os lindíssimos mosaicos com fingido de madeira ou mármore, feitos com muita arte (desenhados individualmente à mão e sem molde). O melhor é ver, escolher e levar impresso, porque só uma ínfima parte dos desenhos está em exposição e o que apetece quando se lá chega é trazer um de cada.


mosaico hidráulico = Lúcio Zagalo

mosaico hidráulico = Lúcio Zagalo

mosaico hidráulico = Lúcio Zagalo

Atrás da oficina há um tanque onde os mosaicos fazem jus ao nome (esqueci-me de perguntar que papel tem este mergulho prolongado no processo de fabrico) e por todo o lado há quadrados empilhados e à espera de um chão ou espalhados numa espécie de mostruário informal.

Lúcio Zagalo

O Mestre Lúcio Zagalo é uma simpatia e não se cansa de falar da arte do mosaico. Mostra os materiais, as ferramentas e os processos enquanto vai exibindo todo ufano um molde que foi desencantar recentemente com um cisne e o respectivo lago. Mesmo a fazer lembrar os deste livro, que prometi enviar-lhe muito em breve.

mosaico hidráulico = Lúcio Zagalo

Chega-se à fábrica muito facilmente: sai-se da A6 em direcção a Estremoz. Ao chegar à rotunda que antecede a entrada na cidade, segue-se em frente em direcção a Portalegre. Vira-se pouco depois em direcção ao Centro de Saúde e depois é só seguir as placas que dizem Zona Industrial. Na zona industrial, procurar do lado esquerdo da estrada a placa da fábrica de mosaicos.

Ainda mais fotografias.

Ah, e o Sr. Lúcio vende o mosaico a menos de metade do preço da concorrência!

Mosaico Hidráulico = Lúcio Zagalo

63 comments » Write a comment

  1. Pingback: azulejo hidráulico te quiero - lelelerele

  2. Olá Rosa,
    Acho que partilhamos a mesma obcessão (saudavel) pelos mosaícos hidraulicos.
    Estou a pensar em comprar uma casa/ruina, e a primeira coisa com qual estou a sonhar é o chão que vai ter de ser mosáicos!
    Podes me dizer entre qual preços variam os mosáicos do mestre Zagalo? Só para poder ter uma ideia de mais ou menos podia me custar (e se posso continuar a sonhar).
    Obrigada,
    Bom trabalho e boa continuação com o blog e com a loja!

    Isabelle

    • Olá Isabelle, boa escolha! Não tenho os preçários do Sr. Zagalo nem dos outros fabricantes portugueses, mas espero que os contacte.

  3. Obrigada Rosa,
    Vou ter de lhe ligar, ou talvez faço uma excurção para Estremoz…

  4. Pingback: agora vê-se, agora não | A Ervilha Cor de Rosa

  5. Pingback: mosaico hidráulico 2.0 | A Ervilha Cor de Rosa

  6. Bom dia,
    Estive na fabrica do Sr Zagalo Quinta Feira passada,trabalho extraordinario.
    Os preços que ele me deu:
    Entre 40/45 euros o métro quadrado e 35 euros os restos de colecões.
    Boa sorte
    Maria Helena

    • Olá Maria Helena! Há algum contacto telefonico sem ser o da foto? Estou farta de ligar e nada…
      Muito obrigada e bons mosaicos,
      Irina Silva

  7. Olá,
    Acabei de ligar para eles e a mulher do Sr. Lúcio Zagalo deu-me a triste notícia de que vão fechar a fábrica por motivos de saúde. Já só estão a fazer as encomendas que tinham e venderam todos os restos.
    Infelizmente eu estou longe, mas será que não há ninguém aí interessado em herdar o conhecimento deste artesão e manter esta fábrica viva…?

    • Bom dia.
      Ainda hoje falei com o Mestre e ele continua bem ativo…

  8. Estive na fábrica do simpático Lúcio Zagalo,que continua à todo vapor, produzindo seus maravilhosos azulejos hidráulicos.
    Segue o contato para quem desejar tel.268 322 488.
    Março 2017.

  9. LOGOS – Somos uma empresa sediada na zona industrial em Montemor-o-Novo [não muito longe de Estremoz, portanto!!! ] e fabricamos todo o tipo de mosaicos hidráulicos, com infinitas combinações entre padrões e cores. O saber de experiência feito do nosso “mestre” já passou gerações pois já o seu pai os fabricava na década de 50 do século passado.
    Vale a pena falar connosco!!!
    Contactos: 266892459
    logos.mosaicos@outlook.pt

Leave a Reply

Required fields are marked *.