sabão casulo

sabão casulo

Continuando com a produção nacional, eis o meu sabonete preferido. Não é um sabonete, é sabão, daquele que nas drogarias está arrumado nas prateleiras de baixo, ao pé do azul e branco. Chama-se Sabão Casulo, o Google não o conhece e não seca a pele. É cor de madrepérola, feito com óleo de côco, não tem perfume e vem numa barra que se corta às fatias para usar no banho.

Cada vez gosto menos de cosméticos e mais de boas receitas. Tenho de fazer um post em breve sobre piolhos (mais precisamente sobre como, quando há três anos a E. os trouxe da escola, nos livrámos deles sem champôs da farmácia).

sabão casulo

33 comments » Write a comment

  1. Rosa, tens que me dar essa receita contra os piolhos! O meu sobrinho é um mártir e eu por acrescento e não é fácil livrarmo-nos dessas pragas minúsculas! Já experimentei vários produtos da fármacia e nem todos funcionam …

  2. Receita inventada por mim para as minhas filhas: misturar 1dl de azeite com uma colher de sopa de mel, empregnar as cabecinhas piolhosas e cobrir com película alimentar. Deixar durante 20mn mínimo. As crianças sentem muita comichão no durante, suponho que seja o estertor da morte dos bichinhos! Resultado: um cabelo macio e brilhante, e morte total aos invasores e respectivos ovos por asfixia.
    Pode usar-se qualquer óleo, inclusive alimentar, mas os cabelos não ficam tão bonitos! Também há um shampô fantástico, à base de Tee Tree, que pode ser usado na fase de lavagem. Melhor ainda se diluirem no champô 20 gotas de extracto de grainha de toranja…

  3. :)
    no outro dia encontrei aqui na drogaria um que é assim em barra da Claus Porto… são assim 3 colados, com cor amarelada… e agora uso-o para lavar as mãos… quanto aos cosméticos, ás vezes pergunto-me se alguma coisa nesses que se vendem até nas farmácias… são de facto bons para a pele… a maior parte são minerais ao invés de vegetais e… bem, se me puser a falar da pele dos bebés então…. nada como sabão e água ao invés de toalhetes cheios de “coisas”!

  4. Boa! Não conhecia esse sabão. Partilha por favor a receita anti-piolhos – foi penteando e lavagens com vinagre? (estas foram as dicas que me deu a minha mãe)
    Em relação os sabonetes tenho tentado usar as opções biológicas – para além da nossa pele e saúde, todos os quimicos vão contanimar as aguas. Mas preferia, de longe, estar a usar “boas receitas”

  5. Olá Rosa!
    Quanto ao sabão onde posso encontrá-lo?
    Quanto à receita dos piolhos fico a aguardar ansiosamente pois temos uma crise cá em casa e parece que nada resulta, apesar dos preços os habituais tratamentos não me parecem nada eficazes. Entretanto acho que vou experimentar a receita da Ana M. e esperar que o resultado seja eficaz.

  6. Fiquei impressionada com tantas pessoas querendo receitas contra os piolhos!
    Lavando os cabelos, normalmente, todos os dias os piolhos não conseguem ficar!Há que se ter hábitos mais severos de higiene diária!Os índios já nos ensinaram isto!
    Aproveito para passar os ingredientes do “PÓ DENTAL” que descobri numa cidade do interior em MG Brasil. Este pó previne placa bacteriana, doenças da gengiva e oferece agradável sensação de limpeza é 100% saudável e natural, livre de sintéticos quimicos.
    Os ingredientes são:Juá,bicarbonato de sódio,cravo,canela,caulim, sal marinho e stévia, todos reduzidos a pó. Resultam numa substancia de cor bege claro, aplica-se com uma escova de dentes úmida em movimentos suaves, dá muita espuma por causa do Juá.Eu aprovei!

  7. Há muito tempo que deixei de usar champô, amaciador e gel/sabonetes. Foi desde que conheci o sabão de azeite Abegoa: http://www.abegoa.com
    No entanto, deve ser mais caro que esse de óleo de côco (que hei-de experimentar).

  8. Quando os meus filhos eram pequeninos usava a receita da mãe de uma amiga minha: esfregava-lhes o couro cabeludo com álccol (aos 3, mesmo que não tivessem todos piolhos) e depois andavam a passear em casa com lenços na cabeça (e eu também porque tenho o cabelo todo aos caracois e ficava em pânico a pensar se os piolhos entravam!!!!) muitas vezes dormiam assim. Depois lavavam a cabeça com o shampoo normal. Geralmente resultava logo à primeira!!!
    Receita de dermatologista: esfregar o cabelo com azeite ou maionese, os piolhos morrem sufocados!

  9. Já agora deixo por aqui uma outra receita, já que vou comprar este sabão a correr…
    Por causa, dos detergentes abrasivos, que por vezes ao borrifar até me fazem engasgar…uso num borrifador, 1 parte de vinagre e 4 de água…desengordura e deixa tudo limpinho…tal como uso o mesmo para lavar as hortaliças, saladas….

  10. Também quero a receita. Temos infestações constantes de piolhos e já experimentei tudo quanto havia para experimentar – todos os champôs de farmácia e supermercado, álcool em compressas, vinagre… e nada. A única coisa que resulta é o corte radical com máquina 4 ou menos (nos rapazes, claro). Na miúda vemo-nos gregas. Da última vez desbastei-lhe a cabeleira e, à base de muita tortura com o pente metálico, foram-se. Mas entretanto já o irmão mais velho tinha e eu também e a avó… Enfim, antes de me resignar quero experimentar a tua receita!

  11. Bem! conseguiram por-me cheia de comichões e a coçar a cabeça!

    Quanto ao sabão, cada vez mais ficamos a saber a maldade que fazemos ao corpo usando a parafrenália de produtos de higiene que por aí se vende.

    O sabão azul e branco é um excelente anticéptico.

  12. Confesso que já fui bastante mais cuidadosa com os químicos que entravam aqui em casa, infelizmente com o corre, corre do dia a dia a coisa foi descambando e muitas vezes escolho o mais rápido e acessível.

    É sempre bom ouvir outras pessoas a falar disto e ficar a conhecer um novo sabão (logo agora que o meu sabonete facial estava a acabar!) Bom, barato e livre de agentes químicos nefastos à saúde.
    Sou fã do sabão azul para a roupa e sempre disse que deveria haver uma versão igual mas adaptada ao corpo.

    Obrigado rosa,
    continua a inspirar os teus leitores e cá espero a receita para os piolhos, pois prevejo para breve uma infestação.

  13. Tenho uma amiga que fazia imensos produtos cosméticos naturais. Fazia um esfoliante com açucar e mel para o corpo fantástico, máscaras facias á base de iogurte e flocos de aveia, shampos e até fez um after-shave.
    Aprendeu as receitas num livro que comprou nos Estados Unidos, mas em Portugal acho que não existe nado do género.
    Infelizmente foi viver para o Dubai, mas posso tentar saber mais informações se alguém estiver interessado.
    Mais uma candidata à receita dos piolhos….
    Bjs

  14. Eu gostei de saber do sabão, mas o que eu achei lindo mesmo foram os ladrilhos hidráulicos no seu chão! Quanto aos piolhos, quando eu morava na Inglaterra eu achei um pente fino fantástico chamado NitFree. Ele foi desenvolvido por duas mães argentinas e é feito de metal. Mesmo com uma grande infestação não é preciso passar remédio, basta usar o pente com qualquer condicionador de cabelos. Querendo saber mais veja: http://www.nitfreecomb.com. Eu super recomendo.

  15. Rosa, não foi minha intenção colocar um link ativo no meu comentário anterior. Mil desculpas. eu não acrescentei o protocolo http:// mas ainda assim ele ficou ativo. Deveria ter escrito www(dot)nitfreecomb(dot)com. Por favor conserte ou remova o link, como for de seu agrado. Luciana

  16. Pingback: A Ervilha Cor de Rosa » Pediculus humanus capitis:

  17. Olá Rosa!
    Adorei a dica do sabão, infelizmente nunca o vi à venda mas vou ficar bem mais atenta porque me parece um excelente conselho.
    Relativamente aos piolhos, não estou com nenhuma crise mas gostava de referir que ao contrário da crendice popular um “ataque” de piolhos não tem que ver necessariamente com falta de hábitos de higiene. Transmitem-se por contacto directo por isso a prevenção passa por ter cuidado com o que passamos no cabelo e não em esfregá-lo freneticamente todos os dias.

  18. Chirley Maria, na realidade, a falta de higiene faz com que mais facilmente näo se tenha piolhos que o contrário.
    Tal como nós, os piolhos näo gostam de cabelos sujos… bom, e quanto ao seu ataque de higienizacäo compulsiva, lavar a cabeca diariamente é um erro crasso, como lhe dirá qualquer dermatologista.
    Por aqui temos um produto fabuloso, feito de sabäo natural e serve para:
    . lavar a loica
    . lavar a roupa
    . matar o bicho das roseiras e outras plantas
    . lavar o chäo
    . fazer bolhinhas de sabäo

    e presumo que também para lavar a criancada, ou pelo menos o gato :D
    chama-se grönsåpa e é espantoso.

  19. Olá, Rosa :)

    Gostava de saber onde posso comprar esse sabão, porque tenho uma pele extremamente seca e eczema. Os produtos naturais são os que me fazem melhor, mas já experimentei vários sabonetes e todos me deixam a pele em pior estado. Se houver mais algum produto, tipo óleo, que conheças dentro dessa linha, sugere ;)

    Obrigada.

  20. Não posso deixar passar esta recomendação para quem procura produtos de alta qualidade a bom preço, nacionais, livres de testes em animais e que podem ser usados pelos mais exigentes: Origem ancestral. Vale a pena ver o site para, pelo menos, formar uma opinião.Estão entre os melhores dos melhores e quem os fabrica é de uma humildade e simpatia extrema sempre pronto a ajudar seja qual for a solução que se procura. A mim já me salvaram muitas vezes.

  21. Eu também quis comprar e não encontrei em lado nenhum…liguei para a fábrica e deram-me estas indicações:
    Em Lisboa:
    Rua da Prata, 192
    Rua da Prata, 223
    Rua dos Fanqueiros, 236
    Em Queluz:
    Avenida José Elias Garcia nº 138
    São baratos, 250 gr por 2.10€ e 500gr por 3.90€.
    Obrigado Rosa por mais uma dica fantástica!

  22. Eu ontem comprei este sabonete na baixa de Lisboa, na rua da prata na drogaria S. Pereira Leão (perto da Praça da Figueira do lado esquerdo de quem desce). Já usei e gostei muito (os sabonetes dão-me sempre tanta comichão, mas estou-me a dar bem).
    Descobri que a loja tem coisas óptimas, incluindo cremes avulso e sem cheiro que vou experimentar em breve (mas temos que levar o recipiente para os cremes, o que achei óptimo, pois ando anti-desperdicio)

  23. Rosa, obrigada pela sugestão :)
    Já ficámos fãs!
    Diz-me uma coisa…usas também para cara? e cabelo?

  24. Rosa, estou há montes de tempo a querer fazer o desodorizante do link, mas não encontro manteiga de cacau nem manetiga de shea à venda…Sabes onde posso encontrar?

  25. Olá Rosa, tenho feito o desodorizante que está na página do teu link – maravilha! E o creme hidratante com milhares de componentes, foi trocado por óleo de amêndoas doces :)

  26. Olá. gostei muito do tópico! já ando farta de champô, gel de banho e cremes com tantos produtos tóxico e por vezes até cancerígenos! E CAROS!
    fiz uma pesquisa dos produtos perigosos nos produtos que tenho cá em casa, e concluí que as marcas CORINE DE FARME (champôs) e ANNE MOLLER (cremes caríssimos) são super ricas em aditivos considerados perigosos, nomeadamente os parabenos!! Não comprem!
    Cumprimentos

  27. Há cerca de um ano sofri de um grave eczema de mãos, depois de fazer várias provas de contacto, os médicos chegaram à conclusão que era alérgico a uma série de perfumes e que por isso devia evitar a todo o custo lavar mãos e o corpo com sabões ou sabonetes que tivessem perfume.
    Para além dos sabonetes dermatológicos que se vendem em fármacias, foi me dito para procurar em qualquer drogaria, sobretudo «à antiga» um sabão sem perfume. Encontrei uma drogaria na Estrada de Benfica em Lisboa a 5 minutos à pé do Jardim Zoológico, perguntei ao droguista se tinha algum sabão sem perfume, para lá do sabão azul, que embora não tendo perfume seca muito a pele. O droguista recomendou-me este sabão casulo, feito de côco e isento de perfume e de produtos químicos, e verdade seja dita, estou a dar-me muito bem com ele, é extremamente suave e não causa irritação nem seca a de pele, o meu eczema de mãos prativamente desapareceu. Recomendo-o vivamente.

Comentar