pão nosso (3)

de centeio

de centeio

Dizer pão de forma é quase um paradoxo, porque quando é de forma raramente é pão digno desse nome. Este é a excepção e presença obrigatória no guia informal dos bons pães que se vendem aqui no bairro (ver também o primeiro e o segundo que referi): o belíssimo pão de centeio em forma da Panificação das Mercês. Só se faz à quarta-feira e convém reservar de véspera. Combina tão bem com sandes tipo gourmet, com cottage, nozes e rúcula, como com a nossa gulodice preferida: barrado com manteiga e polvilhado com açúcar e canela.

8 comments » Write a comment

  1. por aqui o pão é verde. sim, verde. juro!
    felizmente há um Turco que resolveu também ser padeiro. foi experimentando experimentando até ter criado uma série de pães lindissimos com sementes de sesamo sem sementes de sésamo, redondos, compridos… e vão-se comprando e descobrindo que a massa é toda igual o formato é que varia. O que simplica as coisas, a questão não é, duas vezes por semana, decidir sobre o tipo de pão que se quer, mas sim sobre o tipo de formato que encaixa melhor no frigorifico…

  2. Rosa,
    Fico com água na boca com esses pães, assim tão únicos e originais.
    Hábitos como esse de comprar o pão que tem no dia certo e saber que todos eles são sempre verdadeiros é uma preciosidade.
    Viva Lisboa que ainda oferece isso a seus moradores e viva as panificações que ainda seguem tradições e não se renderam as mentiras da industria.
    Obrigada por compartilhar,
    bjinhos

  3. Há uns anos experimentei pão barrado com azeite e polvilhado de açucar e é realmente bom! Com manteiga, açucar e canela também deve ficar uma delícia :-) Tenho que experimentar! Obrigada pela dica :-)

  4. Nada como um bom pão. Em Lisboa o único sítio que conheço que tem pão de jeito é numa padaria na Duque d’Ávila que se chama Pão Doce e onde se podem encontrar pães de cereais varios e sem o aspecto plastificado que tomou conta da maioria dos pães vendidos nas grandes cidades.
    Quando era pequena a minha avó dava-me pão com manteiga e açúcar, agora fiquei curiosa com a adição da canela, deve ser muito bom, tenho que experimentar.

  5. Que rico pão e esse texto até me fez crescer água na boca!
    Oh Rosa, isso não se faz! ;))

Leave a Reply

Required fields are marked *.


You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>