o ciclo da lã ao vivo

o ciclo da lã

Há vários anos que os meus posts sobre cultura popular e história têxtil suscitam comentários a sugerir que organize workshops fora de Lisboa ou simplesmente a dizer quem me dera ir contigo. A estreia vai ser daqui a poucas semanas, no início de Maio, e no melhor sítio do país para perceber que ainda há quem fie e teça como sempre se fez e sem ser só em recriações folclóricas ou para turista ver: Duas Igrejas, junto a Miranda do Douro. A Ti Paula vai ser uma das várias mestras e eu vou sobretudo contextualizar e ajudar com base na minha experiência do assunto acumulada um pouco por todo o país, do Alentejo aos Açores. A iniciativa é da Associação Aldeia e o programa é excepcional não só pelo local mas também por ser tão completo. As inscrições já estão abertas.

Sábado – 5 de Maio de 2011 | Duas Igrejas
10:00 – Recepção de Participantes (Na antiga Escola Primária)
10:30 – “O Ciclo da Lã: da Ovelha ao Tear” | Rosa Pomar
11:45 – Pausa para Chá e café
12:00 – “O Padrão da raça Churra Galega Mirandesa” | Pamela Raposo – Secretária Técnica da Raça – Associação de Criadores de Ovinos Mirandeses
12:30 – Projeção de filme – Lã em Tempo RealTiago Pereira | Rosa Pomar
13:00 – Almoço (Na Associação dos Pauliteiros de Duas Igrejas)
14:30 – Tosquia manual
14:45 – Lavar, Cardar e Pentear
15:45 – Fiar – Oficina de Roca
16:30 – Torcer
17:00 – Oficina de Tear
18:00 – Fim dos trabalhos

Domingo – 6 de Maio 2011 | Malhadas
10:00 – Passeio com pastor e rebanho.
12:30 – Pausa para Almoço.
14:00 – Oficina de Tinturaria natural – Usos Populares.
15:00 – Duas agulhas num lameiro – Oficina de Tricô ao ar livre.
17:00 – Fim dos trabalhos.

21 comments » Write a comment

  1. É mesmo Rosa, “quem me dera ir convosco”! Pela aprendizagem, porque se está sempre a aprender mas igualmente com a curiosidade de ver fazer quem nunca largou um bem necessário e tão preciso como a lã. Do Alentejo, ainda vou aprender a tosquiar a mão porque afinal nem toda a gente tosquiou o seu rebanho. Sabias que o Miguel “o Maioral” tosquiava de março até agosto, todos os dias? Saudades:)

  2. Ah, vais para os meus lados! Até vou perguntar à minha madrinha se não vai participar. :)
    Adorava ir também, mas separam-nos uns milhares de km…
    Beijos e aproveita!

  3. Olá, Rosa. Que programa maravilhoso! Adoraria ir… quem sabe um dia…
    Sucesso e que o projeto ajude a conscientizar sobre a importância de se preservar as tradições e a terra.
    Abraço
    Ana Lacunza

  4. Espetacular! Nesta altura não tenho mesmo hipótese, mas cheira-me que isto vai ser do “caneco” e que daqui a nada hão-de haver muitos mais!

  5. É apropriado ir com crianças? mesmo que não consigam acompanhar o programa com todo o rigor, era muito interessante aprendermos o ciclo da lã em família…

  6. Olá!
    Que linda iniciativa! Adoraria participar!
    Será que me pode informar do custo do workshop?

    Obrigada

  7. Adorava ir se tivesse boleia de Lisboa.
    Será que pagando parte da viagem isso seria possível?
    Obrigada

  8. Pingback: mestre rosa | A Ervilha Cor de Rosa

  9. Pingback: o ciclo da lã, do pastoreio ao tear | A Ervilha Cor de Rosa

  10. Olá, será que vai haver um novo momento para “O ciclo da lã”? Eu estou muito interessada em conhecer, ter contato com e dar continuidade a esta arte :) Obrigada. Branca

Comentar